Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

abrasivo on the rocks

AUTOEUROPA, O BALÃO DE ENSAIO

Era um poço de virtudes, dada como exemplo de diálogo e paz social durante 20 anos, mas foi atacada por um vírus, que a CGTP colocou na empresa, segundo António Saraiva, e os seus plenários foram invadidos por agitadores profissionais da esquerda radical, segundo Carlos Silva, o autoproclamado defensor e dirigente dos trabalhadores portugueses. E já há quem tema pela independência de Portugal.

Biltres!

E, no entanto, nada de novo. Apenas mais uma etapa nesse enorme balão de ensaio que dá pelo nome de Autoeuropa e, onde, uma a uma, são testadas as diferentes leis com que se vão agrilhoando os trabalhadores portugueses. Chamem-lhe vírus, chamem-lhe agitadores. O que está em causa na Autoeuropa é o fim do direito ao descanso. Em matéria laboral, será o regresso ao final do século XIX. Provavelmente como exemplo de diálogo e paz social.

publicado às 09:05

Mais sobre mim

imagem de perfil